Turquia: o número de mortos no terremoto chegou a 29.605, artefatos históricos destruídos

Até hoje, o número de pessoas que perderam a vida devido aos terremotos ocorridos na Turquia em 6 de fevereiro de 2023 chegou a 29.605. Foi determinado que muitos artefatos históricos foram destruídos.

A Turquia viveu uma das maiores tragédias do século passado com o terremoto ocorrido às 4h17 do dia 6 de fevereiro de 2023. Enquanto o choque do primeiro terremoto ainda não havia passado, muitos prédios foram destruídos nas cidades do sudeste da Anatólia com o segundo forte terremoto às 13h27.

A magnitude dos terremotos foi anunciada pelo Observatório Kandilli da Universidade Boğaziçi como 7,7 e 7,6 (ML). Além disso, vários tremores secundários com magnitudes superiores a 4,0 ocorreram na região.

CidadeNúmeroMinMax
Adıyaman104,04,3
Gaziantep44,14,5
Hatay64,04,4
Kahramanmaraş 174,05,0
Malatya124,05,2
Réplicas de 4,0 ou mais na região entre 10 de fevereiro de 2023 e 12 de fevereiro de 2023.1

De acordo com as últimas informações divulgadas em 12 de fevereiro de 2023, o número de pessoas que perderam a vida devido ao terremoto na Turquia chegou a 29.605.

A extensão do dano é revelada!

A extensão dos danos é rapidamente revelada pelo exame de áreas ainda não atingidas. Em 12 de fevereiro de 2023, o número de edifícios destruídos ou severamente danificados ultrapassou 24 mil. Pensa-se que o número de edifícios fortemente danificados é muito maior.

Claro que não se compara à dor da perda de milhares de pessoas, mas a presença de patrimônios culturais entre as estruturas danificadas constitui outra dimensão da tragédia.

Edifícios históricos que foram parcialmente ou completamente destruídos até agora incluem a Catedral da Anunciação (İskenderun), a Mesquita Yeni (Malatya), a Igreja Ortodoxa Grega de Antakya (Hatay), o Edifício do Parlamento (Hatay) e algumas partes das paredes do Castelo de Gaziantep.

A Direção Geral de Patrimônio Cultural e Museus da Turquia anunciou que o Museu Arqueológico de Hatay foi danificado e que nenhum dano grave foi detectado em outros museus da região.2

UNESCO e ICOMOS vão criar um inventário

A UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e o ICOMOS (Conselho Internacional de Monumentos e Sítios) anunciaram que será criado um inventário de danos para o patrimônio cultural danificado pelo terremoto. A diretora-geral Audrey Azoulay disse que a UNESCO fornecerá assistência à Turquia e à Síria.3



  1. Bölgesel Deprem-Tsunami İzleme ve Değerlendirme Merkezi, KRDAE, Boğaziçi Üniversitesi[]
  2. İhlas Haber Ajansı, iha.com.tr, 9 Şubat 2023[]
  3. Earthquake in Syria and Türkiye: UNESCO offers support“, World Heritage Convention, February 7, 2023[]